Já pensaste no teu próximo corte de cabelo?

Com a chegada do mês de Setembro, dei por mim a pensar que um corte de cabelo era bem-vindo.

Depois de passar um Verão entre praia e piscina para a maioria das pessoas, nada melhor do que mimar os nossos cabelos com uma ida ao cabeleireiro, porque mesmo se tiveste todos os cuidados durante esta época, um corte é sempre um ótimo ritual para a tua rentrée

Cortar de três em três meses é ideal para que ele cresça saudável e forte! 

Procurei algumas imagens que me inspiram e que me estão a influenciar para o meu próximo corte. Tenho dois em mente, adivinhas quais são? : )

Acho que os cabelos curtos estão a ganhar cada vez mais terreno aos outros cortes nos últimos anos. O lado prático é claramente uma das principais razões desta escolha, uma tendência que acho que veio para ficar e conquista cada vez mais mulheres.

Cabelo por cima dos ombros, com ou sem franja, liso ou mais ondulado. Privilegiei os cortes curtos para este artigo à exceção da imagem com franja mais curta por cima das sobrancelhas e cabelo mais comprido que também é uma opção bem original.

Importante realçar que antes de passar ao ato, é melhor consultar um profissional e pedir a opinião porque mesmo se as imagens dos cortes incentivam sempre a fazê-lo, há alguns cuidados a ter em conta. 

E daí que me surgiu uma ideia para um dos próximos posts, conselhos para um bom CORTE!

Até lá…

 

 

VINTAGE BLAZER

Blazers são sempre uma perdição, a este dei-lhe o nome de Vintage Blazer, de cor cinza e tecido leve, muito agradável ao vestir e fácil de combinar com qualquer cor… azul, rosa, bege, preto, branco, tudo fica bem!

Cinza é aquela cor entre o preto e o branco, neutra e elegante! 

Associei ao BLAZER um vestido justo de alças finas e corte simples por cima do joelho, com um padrão soft. 

Calçado, optei pelas sandálias de tacão com fivelas à volta do tornozelo e logo aí o look fica com um ar mais sofisticado e bonito.

Vejam as fotos ; )

Aprende a lidar com a nostalgia!

Com o fim das férias para a maior parte das pessoas, o regresso a uma vida mais “normal”, ao trabalho, à rotina, pareceu-me ser o momento certo para escrever este artigo sobre a maneira de como podemos “quebrar” a tal melancolia que surge do nada.

Em francês há uma expressão gira, que gosto muito,”avoir le blues” (andar deprimido, nostálgico, estar a viver um momento menos bom). O blues é um género musical afro-americano, que carrega tristeza e nostalgia e que era cantado na época da escravidão para esquecer, um pequeno aparte.

Todos nós somos contagiados por essa sensação de tristeza sem grande explicação durante a nossa vida e às vezes trata-se apenas de um estado passageiro como por exemplo os domingos a partir do fim da tarde e particularmente à noite. Não sei se partilhas a mesma opinião?!

Acho que a explicação é bastante óbvia, acabámos de passar mais tempo com a família ou com as pessoas que adoramos, a fazer atividades divertidas e animadas e chega aquela hora onde tomamos consciência que terminou e vamos voltar às tarefas do dia-a-dia e algumas mais aborrecidas. Claro que, há momentos de altos e baixos bem mais complicados mas para tudo há solução!

Eis uma lista que te pode servir de “antídoto” para essas ocasiões:

– cria uma playlist de músicas que faça a tua mente viajar, que te faça sorrir, sonhar…

– encontra aquele sítio onde te sentes inspirada, feliz, serena, em harmonia (por exemplo: um café acolhedor…)

– privilegia o contacto com a Natureza, escolhe uma praia para ouvir a melodia do mar, sentir os pés na areia, um jardim onde estás rodeada de verde e ar puro…

– escolhe a tua roupa mais bonita e faz-te gira, para ti…

– convida aquela pessoa que te compreende só com um simples olhar para sair, dançar

– prepara um piquenique num sítio encantador

– marca um jantar com as tuas amigas de infância para umas boas gargalhadas

– sabes aquele teu amigo/a que vive noutro país e que te convida constantemente, esta é uma boa altura para essa visita

– planeia uma escapadinha com um destino que desconheces, que te leva a estar atenta aos detalhes porque tudo é novidade

– junta-te a um grupo de voluntariado, onde te vais sentir feliz por contribuir para o bem dos outros

– pratica uma atividade física que te vai “obrigar” a desviar o teu foco dos problemas

– marca aquela massagem de relaxamento que estás sempre a adiar

– vê um filme, uma comédia que te vai roubar um sorriso

– se ainda não experimentaste, yoga, meditação é uma óptima opção

Cuida de ti <3!

Pin It on Pinterest