Fui explorar a baía do Monte St Michel, na Baixa Normandia, queres saber como foi?

LIS CET ARTICLE EN FRANÇAIS, EN CLIQUANT ICI!

Como não gostar quando tudo o que te rodeia é natureza, mar, história, vida!

Hoje vou levar-te comigo até à Normandia, a região no noroeste de França, eu “aterrei” exactamente no departamento da Mancha, situado na Baixa Normandia, sim porque a Normandia era composta pela Alta e Baixa Normandia que actualmente formam um só departamento.

Com vontade de me perder na Natureza, decidi passar uns dias emergida no verde, água, terra e ar com a possibilidade de mergulhar na vida activa das cidades vizinhas assim que desejado.

Escolhi Genêts, a uma distância de +-3h30 de Paris, para a minha estadia, localizada a uns 6km a pé do Monte St Michel, tranquilidade absoluta, conhecida por ser um ponto de passagem para muitos peregrinos que vão até à Baía para pedir e receber a protecção do santo.

Casas típicas de antigos pescadores, vista maravilhosa para o famoso Monte St. Michel em vários ângulos da pequena aldeia e com possibilidade de dar uns bons passeios de bicicleta.

Não é complicado encontrar alojamento por esses lados, eu deixei-me convencer pelo charme da rica Boulangerie (uma antiga padaria), que pertence a uma mansão gigantesca com o seu próprio lago, peixes, campos, cavalos, galinhas…um espanto.

O objectivo principal dessa semana era descansar, explorar a Natureza no seu estado mais puro, a Baía do Monte Saint-Michel situada entre a Bretanha, a Oeste, e a Normandia, a Este, uma superfície de aproximadamente 500 km2, foi precisamente o foco desta viagem.

Uma oportunidade para apreciar este canto de França e trazer novidades.

Vamos lá…

Bem perto da povoação de Genêts, temos o Bec D’andaine, uma praia de areia fina e água quente, onde se consegue ver mais uma vez lá ao longe o Monte St. Michel. Eu digo quente porque na altura em que lá estive, apanhei uns dias de muito muito calor, o que não é habitual para essa zona, como em muitas outras partes do país e do mundo, infelizmente. Cuida tu também do nosso planeta <3.

Route de la Baie, foi diariamente a estrada frequentada para me deslocar e aceder às praias que vão aparecendo ao longo do caminho que se faz de carro, com uma vista deslumbrante onde tudo aponta e nos leva a contemplar o Monte St Michel.

Enormes campos com rolos de palha, cavalos e vacas bem jeitosas, diga-se de passagem, são as imagens que ficam do meio rural da Baixa Normandia.

Nessa direcção, quilómetro sim quilómetro não, acabas por ir descobrindo várias praias como DRAGEY, PIGNOCHET, CAROLLES… umas mais selvagens que outras, parques de campismo, caravanas, tudo o que faz pensar em férias e verão. Pequeno aparte quem quiser assistir a um bonito pôr-do-sol nestas praias e dar um mergulho, tem que estar disposto a andar uns bons metros para chegar à água, ao fim do dia a maré baixa e o mar afasta-se.

Com um ar de praia mais turística temos Jullouville, que também é abrigada pela baía do Monte St Michel, para quem gosta deste tipo de ambiente mais comercial, aqui é contagiado pela febre da época.

Para finalizar o percurso PRAIAS proponho Granville, a estação balnear mais importante da baía do Monte St Michel desde o século XIX, muito frequentada por vários artistas. Lençóis de água azul, praia apetitosa com uma vista panorâmica no alto da Haute Ville, o bairro histórico.


Granville é o local onde se realiza a edição do festival de jazz Baie St Michel, sempre com um cartaz “invejoso”, concertos de jazz de artistas nacionais e internacionais.

Para todos aqueles que partilham a paixão pela Moda, vão adorar saber que nessa cidade “vive” a antiga casa de infância do conhecido costureiro de alta costura francês, Christian Dior, que se tornou num museu. Neste momento, está a decorrer a exposição “Grace de Monaco, princesse en Dior”, onde é realçada a beleza e elegância desta eterna ícone, com 85 vestidos de Alta Costura Dior emprestados pelo Palácio do Mónaco. Infelizmente como os animais não são permitidos e a Kikie fez parte desta viagem e grande aventura, fiquei pelo jardim do museu. Mas espero voltar muito em breve.

Aproveito para relembrar, não se esqueçam dos vossos companheiros do dia-a-dia, não os abandonem e sempre que possível partilhem com eles esses momentos. Eles merecem!

As férias em família são sempre melhores.

Para acabar em grande, arrastei a visita ao Monte St Michel, património mundial da Unesco desde 1979, para o último dia de férias, uma verdadeira maratona!

Depois de “abandonar” o carro num dos inúmeros parques de estacionamento, existem duas opções para chegar ao Monte St Michel, recorrer aos autocarros grátis que circulam frequentemente ou andar os 3km a pé, que foi o meu caso até porque mais uma vez os animais não são aceites, sim a Kikie já foi ao Monte St Michel, muito viajada!

Aconselho a ida a pé, a sensação de se aproximar progressivamente é impressionante e única. Sapatilhas, roupa confortável, água…não se esqueçam de tudo o que é preciso para uma boa caminhada. Mas mais dos que os 3km a pé para quem vai de carro, o ideal é fazer esse percurso acompanhado de um guia e atravessar a baía a caminhar, uma experiência sem dúvida memorável.

Sendo o ponto turístico mais frequentado da Normandia, acessível por terra e por mar, escusado será dizer que o que mais se vê são pessoas desejosas de chegar à “ilha no meio do nada” e render-se à sua beleza. Devido à maré alta o Monte St Michel é realmente uma ilha durante várias horas, um reino de ruas, restaurantes, cafés, lojas e no topo a famosa Abadia, muralhas com vistas panorâmicas imperdíveis…

O Monte St Michel foi fundado pelo bispo de Avranches, Saint Aubert no ano 708, pelo que diz a lenda após a 3ª aparição do arcanjo S. Miguel nos seus sonhos, ele decidiu homenageá-lo e criou o Santuário.

Assim terminou a minha escapadinha com esta descoberta do arquipélago rico em fauna e flora, mágico pelas suas grandes marés, um mergulho no coração de uma natureza selvagem e preservada.

Promessa cumprida, espero que tenhas apreciado e que tenhas vivido comigo esta viagem por esta região de França.

Gostaste da ideia para uma próxima viagem? Para quando a tua ida ao Monte St Michel?

VINTAGE MULTICOLOUR BLOUSE

Vintage Multicolour Blouse – VERY GOOD CONDITION

Material: 100% viscose

Multicolour

Size: M/L

Price: 39,00€ 

You can wear this blouse as a jacket too.

This item is shipped from France. Don’t forget this price is without SHIPPING COSTS.

CONTACT ME if you fell in love with it.

SAVE THE PLANET, BUY VINTAGE !

 

VINTAGE 90’S BEIGE BLOUSE

Vintage 90’s Beige Long Sleeve Blouse – VERY GOOD CONDITION

Colour: beige

Size: M/L but fits all sizes

Price: 29,00€ 

This item is shipped from France. Don’t forget this price is without SHIPPING COSTS.

CONTACT ME if you fell in love with it.

SAVE THE PLANET, BUY VINTAGE !

 

GERARD DAREL VINTAGE SILK BLUE BLOUSE

Vintage Silk Blue Blouse – VERY GOOD CONDITION

Material: silk

Colour: blue

Brand: Gerard Darel

Size: S

Price: 35,00€ 

This item is shipped from France. Don’t forget this price is without SHIPPING COSTS.

CONTACT ME if you fell in love with it.

SAVE THE PLANET, BUY VINTAGE !

 

VINTAGE 80´S CREAM FLOWER BLOUSE

Vintage 80´s Beige Long Sleeve Blouse – GOOD CONDITION

Material: polyester

Colour: cream

Size: M/L but fits all sizes

Price: 29,00€ 

This item is shipped from France. Don’t forget this price is without SHIPPING COSTS.

CONTACT ME if you fell in love with it.

SAVE THE PLANET, BUY VINTAGE !

 

Pin It on Pinterest